fbpx

Sustentabilidade: origem e evolução do conceito

O termo sustentabilidade, vem ganhando grande importância ultimamente apresentando-se em diversos discursos, há uma crescente utilização da palavra da “moda”, desde organizações privadas, governos até organizações não governamentais.

A despeito dessa ampla utilização, muitas vezes equivocada, faz-se necessário compreendermos a origem do termo e sua evolução até os dias atuais. Discorreremos sobre a origem do conceito e as diversas conferências globais relacionadas ao tema, bem como será contextualizado com o paradigma do desenvolvimento sustentável.

Antes da década de 60, pouco era discutido sobre os impactos do homem no meio ambiente. Os problemas ambientais até a primeira metade do século XX eram tratados de maneira superficial.

Todavia, o conceito de sustentabilidade começou a ser esboçado na Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano, em Estocolmo, em 1972, conforme discorremos mais adiante.

Desde então, para além do conceito, tem sido pensada uma miríade de formas práticas para se alcançar a sustentabilidade, tanto nos contextos locais quanto no contexto mundial.

O homem e a natureza

          A forma como nos relacionamos com a natureza tem sido desastrosa e abusiva e, consequentemente, mediante esse fato, o esgotamento de alguns recursos naturais já começou há algum tempo. 

Com base nesse panorama, vale nos questionarmos:

  • Que tipo de mundo vamos deixar para as gerações futuras?
  • E até quando conseguiremos aguentar toda essa destruição?

Sendo assim, as questões referentes a sustentabilidade e a nossa própria vida tornam-se para todos nós, estudantes, professores, pesquisadores, sociedade em geral, um assunto de extrema importância neste debate.

Nosso atual estágio evolutivo, enquanto sociedade e espécie, faz-se repensar a nossa relação com a natureza: não é um luxo, mas um dever. E isto se constitui em um dever pelo fato das ações humanas estarem acelerando, em poucas décadas, mudanças ambientais que levariam milênios para ocorrer.

Recursos e biomas ambientais que, pensávamos ser inesgotáveis, estão acabando fruto da exploração humana desenfreada.

Buscar uma nova relação com a natureza será fundamental para que, possamos continuar evoluindo, sem esgotar os recursos naturais existentes, para as próximas gerações e sem degradar ainda mais o planeta.