fbpx

Como a PNL pode desenvolver a liderança?

Um bom líder é aquele que preza por seu trabalho e o do outro. Através de uma boa liderança é possível gerar um ambiente muito produtivo e eficaz. Veja como a PNL pode desenvolver isso!
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

FIQUE POR DENTRO DAS NOSSAS NOVIDADES

Você sabia que, antigamente, a liderança era vista como uma habilidade inata?  Ou seja, as pessoas acreditavam que já se nascia com uma certa tendência para ser líder. Entretanto, sabemos hoje (com metodologias como a PNL) que para ser um bom líder é necessário adquirir conhecimentos, seja através das próprias experiências, cursos ou materiais didáticos.

Isso quer dizer que todos podem desenvolver essa habilidade, mesmo aqueles que pensam que não nasceram para isso. Afinal, “o sol nasceu para todos”, não é mesmo?

cérebro com eletrodos mostra pnl
A mente de cada um de nós funciona de acordo com um padrão

A verdadeira liderança é uma conquista. Um líder de alta performance é aquele que inspira sua equipe e atinge as metas de forma leve e eficaz, sem comprometer a saúde mental de seus colaboradores.

Existem, atualmente, diversas ferramentas que auxiliam no desenvolvimento da liderança. Por isso, veremos neste artigo como algumas ferramentas de PNL auxiliam desenvolvendo essa habilidade tão desejada: a liderança.

O que é a PNL?

A Programação Neurolinguística, conhecida também como PNL foi criada na década de 70 por Richard Bandler e John Grinder na Universidade da Califórnia.

Neste projeto, os dois pesquisadores buscavam identificar quais eram os padrões internos e externos que alguns médicos utilizavam para tornar seu trabalho mais efetivo, dando início ao conceito de liderança. O principal objetivo da PNL é compreender como pensamos, ou seja, identificar nossos modelos mentais para podermos questioná-los e refletir sobre eles. E assim, concluir se é preciso ou não ressignificar.

Na Universidade da Califórnia, eles começaram a observar sessões de terapia, sempre com aval dos pacientes, que autorizaram imagens e gravações. E foi dessa forma, através da observação, estudo e pesquisa de comportamentos de pessoas, que o método dividiu os padrões mentais em: visuais, auditivos e cinestésicos.

Perfis divididos de acordo com a PNL

Você já parou para pensar que em um mesmo evento, observado por muitas pessoas, cada uma dessas pessoas, apesar de terem visto exatamente a mesma coisa, tem uma percepção diferente do que viu?

Então, é daí que surgem os três perfis, estipulados pela PNL, que veremos a seguir. Cada um deles recebe informações de uma maneira e age de acordo com seu próprio temperamento. Veja quais são as características de cada um deles:

Perfil Visual

Neste perfil, encontram-se as pessoas que pensam através de imagens e são extremamente independentes, objetivas e de pensamento rápido. Confira algumas características deste grupo:

  • Pensam através de imagens e tendem a falar depressa;
  • Quando pensam, costumam olhar para cima ou arregalar os olhos;
  • Projetam um “filme mental” enquanto falam;
  • Olham para você e geralmente se movimentam e gesticulam muito;
  • Sentem-se mais independentes;
  • Não gostam de ser interrompidos.

Podemos dizer que este perfil utiliza palavras tais como:

  • “Estou vendo que…”
  • “Sem sombra de dúvida.”
  • “Colocar um foco na questão.”
  • “Uma luz sobre o assunto.”
  • “Olhe essa proposta.”

Desta forma, os liderados deste grupo são aqueles que, por exemplo, quando você solicita uma tarefa, eles entendem imediatamente e já irão realizá-la, sem fazer mais perguntas. Essas pessoas possuem uma comunicação mais assertiva.

Como liderar o perfil visual?

A pessoa com perfil visual gosta de objetividade e praticidade. Então, mostre imagens em suas explicações, faça-os visualizar situações em suas mentes e não desperdice seu tempo com assuntos triviais. Afinal, eles são objetivos.

Perfil Auditivo

O nome do perfil já nos diz que aqui encontram-se as pessoas que gostam mais de ouvir do que de falar, não é? Essas pessoas concentram mais a atenção no que você fala, ao invés do que você mostra. Entre as características principais, podemos citar:

  • Pensam por meio de sons ou ouvem uma voz interna;
  • Precisam ouvir pausadamente;
  • Fazem muitas perguntas;
  • Não gostam de excesso de opções, pois se confundem.

Assim, este grupo utiliza expressões como essas:

  • “Estou ouvindo.”
  • “Fale um pouco mais sobre.”
  • “Algo me diz que…”
  • “Precisamos discutir sobre isso.”
  • “Por assim dizer…”
  • “Ouça o que está dizendo.”
  • “Nunca ouvi falar.”

Sendo assim, as pessoas deste grupo, geralmente, são tímidas e só expressam seus pensamentos quando tem certeza daquilo que irão dizer. Elas preferem ficar mais caladas e observar tudo ao redor antes de expor seu pensamento.

Como liderar alguém com perfil visual?

O auditivo é aquele colaborador que gosta de escutar, então sempre que puder converse com ele, conte como deve ser feito a tarefa ao invés de mostrar algo, prefira falar detalhadamente.

Em resumo, dê um retorno sempre que puder sobre sua argumentação, pois eles são colaboradores que gostam de receber feedbacks. Escolha palavras de impacto ao falar com eles, tais como segurança e confiabilidade. Além disso, sempre demande tarefas conversando diretamente com ele.

Perfil Cinestésico

Por fim, neste gênero, encontramos as pessoas que pensam através dos sentimentos e são mais propensas ao relacionamento, são aquelas pessoas que gostam de tocar no outro enquanto falam e falam muito. Entre as características deste grupo, destacam-se:

  • Pensam através dos sentimentos e falam mais devagar;
  • São mais emocionais e dadas ao relacionamento;
  • Gostam de tocar pessoas e coisas;
  • Ficam mais próximas do interlocutor;
  • Receio de tomar a decisão incorreta e alguém desaprová-la.

Referente às expressões mais utilizadas pelo grupo, podemos citar:

  • “Estou sentindo que”
  • “Ela é uma pessoa fria.”
  • “Estou pensando na situação.”
  • “Tocarei no assunto.”
  • “Percebo algumas lacunas.”
  • “Não me sinto à vontade.”
  • “Vou entrar em contato.”
  • “Espere um minuto.”
  • “Captei bem os pontos.”

Desta forma, você pôde perceber que este grupo é o mais emotivo, não é? Também é formado por pessoas que gostam de puxar papo.

Sabe aquela pessoa que, por exemplo, quando você está na fila do banco, ela começa a conversar com você e contar toda a vida? São este tipo de pessoa, que gostam de falar e falam muito.

Ou seja, é aquele colaborador que você pergunta como foi o final de semana e ele vai contar em detalhes desde a sexta-feira quando saiu do trabalho até a segunda-feira, quando retornou ao trabalho. Pois, essas pessoas gostam de proximidade e de se relacionar.

E como o líder deve liderá-lo?

Como são pessoas mais sensíveis, é preciso tomar um pouco mais de cuidado com este grupo. É importante que você fale devagar com eles e utilize uma argumentação mais emocional. Procure provocar o contato manual com a tarefa, passe segurança na hora de adquirir algo e use elogios na explicação.

Qual o melhor perfil?

Não existe um perfil melhor. Os três perfis mapeados pela PNL são excelentes, cada qual com suas particularidades, basta saber utilizá-los e lidar com eles adequadamente.

Ah, um outro ponto importante, é que você, como líder, precisa saber em qual perfil você se encontra, pois terá mais facilidade para lidar com pessoas que são do mesmo perfil que o seu.

Desta forma, é interessante que aprenda a trabalhar e entender mais sobre os perfis diferentes que o seu, contribuindo para o desenvolvimento de sua liderança. Por isso, não deixe de usar essas ferramentas para desenvolver sua habilidade de liderança.

A ConQuist Consultoria tem 19 anos de existência e mais de 470 empresas atendidas com excelência. Atuamos junto aos negócios e às pessoas, com cursos e formações estratégicas assim como com consultorias e treinamentos de alto impacto. Com certeza, temos um produto que te atende, seja você um portador de CNPJ ou de CPF. Fale com a gente que vamos te ajudar no seu objetivo!

Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp