fbpx

Liderança e cultura: mais próximos do que você imagina

Neste artigo, você vai encontrar tópicos como as formas que a liderança ajuda a desenvolver uma cultura organizacional consistente.
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

FIQUE POR DENTRO DAS NOSSAS NOVIDADES

Você já deve ter ouvido falar de temas como Liderança, Customer Success, Customer Experience e Employee Experience, certo? Se você respondeu “não”, tome cuidado: é um mau sinal! Certamente, você aumenta a possibilidade de ter problemas na sua carreira. Muitos executivos que não conhecem estes termos acabam tendo problemas em suas funções, sinal de que são conceitos muito importantes.

Pois é: conhecer o que está acontecendo no mercado é a salvação para o bom profissional. Aqui, cabe lembrar: o mercado é diferente da faculdade, onde você aprende competências técnicas, que podem ser exemplificadas com você aprendendo a dominar muito bem um programa, como, por exemplo, o Excel. Por mais que ele seja – e é – muito importante, nós estamos em um mundo no qual o bom profissional tem competências mais complexas, ou, ainda, competências híbridas, que somam aspectos comportamentais e conhecimento técnico. E isso inclui, certamente, cuidar da nossa carreira enquanto líderes. 

A liderança em ação 

Que ser líder é diferente de ser chefe, você provavelmente está cansado de saber. O mercado hoje está cheio de cursos de liderança, mostrando que as pessoas estão mais cientes da importância que tem a capacidade de motivar e gerenciar pessoas. Ser líder é uma ambição: hoje ninguém quer ser apenas um chefe. Na verdade, o que era ser chefe nós temos bem marcado no imaginário popular: pessoas em empregos ruins, nos filmes, quase sempre têm um chefe chato, que cobra, cobra, cobra e nunca cede nem explica nada. Mas e ser líder, o que é? 

Se você pensou que o líder é uma figura mais integrada à sua equipe, que participa dos diferentes ambientes na organização, você acertou! Para liderar, você deve ser um bom ouvinte, para que possa tomar decisões mais acertadas. Diversas posturas são encontradas no líder – sim, no plural! A noção de que o líder só tem uma atividade ou função está ultrapassada. 

Por exemplo, o líder pode comandar, conduzir, influenciar e inspirar. Até atos simples como solicitar um relatório a seu gerente financeiro podem ser permeados pela sua atitude como líder! A indiferença com o resultado, sem comprometimento ou preocupação, agirá como simples cobrança – o que tende a obter resultados mais negativos na solicitação. E se sua equipe tem resultados negativos, você também tem!

Uma boa capacidade de liderança, então, é um aspecto imprescindível para ter sucesso. Para pensarmos no assunto, tire um momento e pense: o que você mais valoriza na empresa que você já trabalha atualmente ou na que você gostaria de trabalhar? Muitos pensarão em aspectos pessoais como ambição ou outros como comunicação, trabalho em equipe, oportunidades, inovação… ou ainda comprometimento e reconhecimento, um outro ângulo muito importante. 

O que você valoriza no seu empregador? 

A liderança é hereditária?

Se você, como muitas pessoas, acredita que a liderança é uma habilidade inata, um talento que nasce com algumas pessoas específicas… não se engane! A liderança é uma competência, que pode ser praticada e desenvolvida, especialmente quando exercida com a regularidade adequada. Mesmo pessoas que acreditam que não tem capacidade alguma para isso, podem se surpreender com o que a prática regular revela. 

Tabuleiro de xadrez: a liderança pode ser praticada
A liderança é uma habilidade que requer prática

Porém, para pôr a sua liderança em prática, você precisará antes de um espaço propício. É, certamente, responsabilidade do seu empregador, atual ou futuro, garantir que você tenha as condições para que esse conjunto de habilidades se manifeste. Este ambiente, apropriado para o desenvolvimento de capacidades de liderança (e outras mais), podemos entender como parte da cultura organizacional

Combinando liderança e cultura organizacional

Assim como uma pessoa, as empresas também têm uma “cara”, um jeitão próprio de encarar as situações. Algumas empresas favorecem as situações que envolvem a criatividade, entendendo-as como necessárias para inovação; outras companhias, porém, têm preferência pela padronização de seus processos, preferindo segurança e conformidade. Qual delas está correta? 

Não há uma resposta pronta para isso. O importante é sabermos que, assim como existem empresas diversas, também existem empregados diferentes que se adequarão melhor aqui ou ali. E quando dá match entre os valores de cada uma das partes, então, é melhor ainda!

A ConQuist é referência em treinamento e formação de líderes, ministrando treinamentos e workshops que tratam de técnicas como o mapeamento da jornada do colaborador. Entre em contato que teremos prazer em te atender e te auxiliar a alcançar resultados ainda mais poderosos!

Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp