fbpx

Duas ferramentas fundamentais para a gestão de pessoas

Neste artigo, você encontrará alguns pontos relevantes para a gestão de pessoas. Confira!
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

FIQUE POR DENTRO DAS NOSSAS NOVIDADES

Você lembra, no último post, da pergunta que fizemos sobre o que faltava para que pudéssemos alinhar as expectativas da empresa e do empregado? Bem, chegou a hora de verificar a sua resposta: o que precisa de adaptação é a cultura organizacional, o próprio modo de se fazer negócio da empresa, a personalidade da sua gestão. 

Apesar de invisível, tal qual a cultura humana geral, cada empresa tem uma visão própria sobre o que é mais importante na sua gestão diária. Às vezes, isso está alinhado à visão dos seus colaboradores, às vezes não; por outras vezes, também é possível que, simplesmente, os colaboradores não estejam compreendendo corretamente qual é a cultura da empresa, seja por um ruído na comunicação ou pela falta desta. E é aqui que você pode utilizar o framework de gestão de pessoas.  Para entender o que é e como usar esse framework, precisamos entender a jornada do colaborador na empresa. Ao entrar, podemos imaginar que um novo funcionário tenha baixa performance – podemos numerá-la como performance de nível 1. Com o passar dos anos, essa performance poderá ser melhorada, chegando a um trabalho de alta performance, de nível 10. Isso, porém, será orientado pela visão estratégica da companhia, e envolverá questões que podem ser esclarecidas diretamente no recrutamento.

A gestão de pessoas interferindo na jornada do empregado

O cumprimento total da jornada por cada colaborador dependerá, seguramente, da capacidade da alta gestão da empresa de identificar e agir de acordo com o momento do empregado na companhia. Após o recrutamento, o novo funcionário teve a chance de desenvolver-se com treinamentos? Ele teve metas claras definidas, com incentivo ao seu atingimento? E, por fim, ele está ciente da percepção da empresa acerca do seu trabalho através de avaliações e feedbacks regulares

Todas estas perguntas poderão guiar os gestores em uma direção que auxiliará na redução da rotatividade. Pois é, nada melhor do que boa comunicação, não é mesmo? Se você ocupa alguma posição na gestão de uma empresa, tire um tempo e aproveite e estabelecer seu próprio framework de gestão de pessoas. Assim, desde o recrutamento você terá meios para acompanhar e alinhar os valores do seu colaborador aos seus!

Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp